Skip to main content
Menu

Romero diz aceitar possível aliança entre Bruno e Veneziano

Prestes a assumir o mandato de deputado federal, o ex-prefeito Romero Rodrigues (PSC) afirmou que o prefeito Bruno Cunha Lima não conversou com ele sobre a chegada do senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB) ao grupo.

Disse que não conversou por não ter sido convidado, mas na hora que for, estará a disposição. “Ele [Bruno] tem toda a autonomia para decidir conforme a consciência dele. Se ele decidir, de minha parte, não tem problema algum”, disse Romero, em entrevista ao Correio da Manhã (98,1 FM), sobre uma possível aliança eleitoral entre Bruno e Veneziano.

O emedebista se integrou ao grupo pelas mãos do ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB), no segundo turno das eleições. Veneziano apoiou a candidatura de Pedro Cunha Lima. Na ocasião, Cássio afirmou que a aliança seria duradoura.

Deixou claro que não pretende participar das eleições municipais de 2024 como candidato. “Apenas como apoiador”. Mas, complementou que fará qualquer coisa por Campina Grande e, sendo assim, no futuro, pode voltar a disputar. Não agora.

Historicamente, os grupos liderados por Cássio, Romero e Bruno sempre foram adversários políticos em Campina. Com essa nova configuração, 2023 dará início a um novo capítulo dessa história.

HW COMUNICAÇÃO

Fonte: Sony Lacerda

Seja o primeiro a escrever um comentário.

Deixe uma resposta

Os campos obrigatórios estão marcados *

Você precisa estar logado para enviar um comentário

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE