Skip to main content
Menu

Radialista paraibano é condenado à prisão por estupro de menina

ILUSTRAÇÃO

O radialista Josinaldo Procópio Ramos foi condenado a sete anos e seis meses de prisão por estupro de vulnerável. Conforme a sentença, a pena será cumprida em regime semiaberto no presídio do Serrotão, em Campina Grande.

A vítima do radialista foi a enteada dele, que na época do crime tinha seis anos, mas os abusos se estenderam por três anos e ocorriam enquanto a mãe da criança dormia.

Na decisão judicial é citado que as declarações da criança são ricas em detalhes e tão precisas que, apenas quem passou pelo abuso conseguia descrever. O magistrado citou, em sua decisão, que a dor da vítima poder ser sentida em seu depoimento. Além disso, uma parente flagrou o abuso ocorrendo.

O radialista argumentou ser vítima de perseguição e que iria recorrer da decisão.

HW COMUNICAÇÃO

Fonte: Mais PB

Seja o primeiro a escrever um comentário.

Deixe uma resposta

Os campos obrigatórios estão marcados *

Você precisa estar logado para enviar um comentário

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE