Skip to main content
Menu

Foragidos da PF, donos da Braiscompany são condenados a 149 anos de prisão

O juiz Vinícius Costa Vidor, da 4ª Vara Federal de Campina Grande, condenou, nessa terça-feira (13/02/2024), Antônio Inácio da Silva Neto e Fabrícia Farias, além de outros investigados no caso Braiscompany, por crimes contra o sistema financeiro através de pirâmide financeira.

Antônio e Fabrícia tiveram as prisões preventivas decretadas no ano passado, mas seguem foragidos da Justiça.

No caso de Antônio Inácio, ele foi condenado a 88 anos e sete meses de prisão. Já Fabrícia, a pena é de 61 anos e 11 meses de detenção.

O magistrado ainda condenou outros oito réus denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF) pelo crime de pirâmide financeira. A sentença ainda impõe o reparo de R$ 277 milhões em danos patrimoniais e R$ 100 milhões em dano coletivo.

Clique aqui e confira a sentença na íntegra

Veja as penas aplicadas pela Justiça: 

  • ANTÔNIO INÁCIO DA SILVA NETO – 88 anos e 7 meses
  • FABRÍCIA FARIAS – 61 anos e 11 meses
  • MIZAEL MOREIRA DA SILVA – 19 anos e 6 meses
  • SABRINA MIKAELLE LACERDA LIMA – 26 anos
  • ARTHUR BARBOSA DA SILVA – 5 anos e 11 meses
  • FLÁVIA FARIAS CAMPOS – 10 anos e 6 meses
  • FERNANDA FARIAS CAMPOS – 8 anos e 9 meses
  • CLÉLIO FERNANDO CABRAL DO Ó – 19 anos
  • GESANA RAYANE SILVA – 14 anos e 6 meses
  • DEYVERSON ROCHA SERAFIM – 5 anos

Mais PB

Seja o primeiro a escrever um comentário.

Deixe uma resposta

Os campos obrigatórios estão marcados *

Você precisa estar logado para enviar um comentário

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE