Skip to main content
Menu

TJPB afasta pela segunda vez juiz investigado pelo Gaeco

O Tribunal de Justiça da Paraíba afastou, pelo período de um ano, o juiz Antônio Eugênio Leite Ferreira Neto, titular da 3ª Vara Mista da Comarca de Itaporanga. Ele é alvo de processo administrativo após ser investigado pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público da Paraíba. Mandado de busca e apreensão foi cumprido contra o magistrado.

Este é a segunda vez que o juiz é afastado do cargo em menos de um ano. O primeiro ocorreu no dia 6 de setembro do ano passado e teve vigência de seis meses.

Ele foi investigado por ter sentenciado “processos em tramitação em unidade judiciária para a qual não tinha jurisdição”. Em um dos processos o juiz teria beneficiado um tio em sentença proferida enquanto ocupava cadeira em outra comarca.

Na época, durante operação do Gaeco, foram cumpridos mandados no Fórum e em endereços de advogados da região.

Durante período de afastamento a 3ª Vara Mista da Comarca de Itaporanga será comandada, de forma cumulativa, pelo juiz João Lucas Souto Gil Messias, juiz de Direito do 2º Juizado Auxiliar Misto da Comarca de Itaporanga.

HW COMUNICAÇÃO

Fonte: Mais PB

Seja o primeiro a escrever um comentário.

Deixe uma resposta

Os campos obrigatórios estão marcados *

Você precisa estar logado para enviar um comentário

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE