Skip to main content
Menu

TJ mantém condenação de homem que incendiou casa da ex-companheira

A Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba manteve a condenação de um homem que, inconformado com o fim do relacionamento, ateou fogo na casa da ex-companheira. O caso, oriundo da 1ª Vara da Comarca de Esperança, teve a relatoria do desembargador Márcio Murilo da Cunha Ramos.

O réu foi condenado a uma pena de seis anos e oito meses de reclusão, em regime inicial fechado, e 323 dias-multa.

A defesa apelou da condenação, sob o argumento de que o réu não possuía intenção de incendiar o bem.

“O conjunto probatório não deixa dúvidas acerca da intenção dolosa do acusado em incendiar a casa em questão, confirmando a tese acusatória e despindo de credibilidade a versão defensiva de que o réu apenas teria o intento de danificar roupas da vítima ou de que o incêndio teria ocorrido de forma culposa”, afirmou o relator do processo, negando provimento ao recurso.

HW COMUNICAÇÃO

Fonte: Mais PB

Seja o primeiro a escrever um comentário.

Deixe uma resposta

Os campos obrigatórios estão marcados *

Você precisa estar logado para enviar um comentário

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE