Skip to main content
Menu

Saída de Pedro do Flamengo não está descartada e empresários vão se reunir com clube

Mesmo após o preparador Pablo Fernández ter sido demitido do Flamengo, a permanência do jogador Pedro ainda está indefinida, de acordo com a imprensa nacional.

Pedro deve ter uma reunião ainda esta semana com a diretoria do clube, para definir a situação. Após a polêmica envolvendo a agressão do preparador físico, a relação entre Pedro e uma outra figura do Flamengo, o treinador Sampaoli, também estaria estremecida.

De acordo com o site “GE”, o jogador se sente deixado de lado pela comissão técnica e afirmou que tem sofrido “covardia psicológica” nas últimas semanas. O jogador perdeu espaço no time e isso gerou descontentamento por parte do jogador. O camisa 9 foi titular em somente quatro dos últimos 11 jogos. Além disso, foi reserva nas quatro últimas partidas e sequer entrou em campo duas vezes.

Após o jogo contra o Grêmio, partida de ida, Pedro teria ido reclamar ao treinador Sampaoli para expor a insatisfação com falta de espaço, e teria tido como resposta que “é muito religioso. Tem que brigar mais!”. No entanto, após a informação ser divulgada pela imprensa especializada, o treinador respondeu negando qualquer comentário sobre as escolhas religiosas de cada jogador.

De acordo com o Portal Terra, o técnico argentino citou em nota oficial que há “disputa interna cujas razões existem”. Pedro e Sampaoli não se encontraram no domingo, após o episódio no vestiário da Arena Independência, e o jogador não apareceu no Ninho do Urubu na manhã desta segunda-feira, levantando questionamentos sobre a relação entre as partes.

Contrato até 2027
O atual contrato de Pedro com o Flamengo dura até o fim de 2027. Considerado um dos grandes nomes do time, ele é uma das peças-chave para conquista de títulos. As especulações são que caso saia do Flamengo possa ir para um time do exterior. De acordo com O Globo, nos últimos anos houve procura do Palmeiras, no entanto ocorreu recusa por parte do Flamengo.

Cerca de 20 milhões de euros teriam sido oferecidos pelo jogador, recusados pelo time carioca. saída para um concorrente por empréstimo também é uma possibilidade remota, devido ao alto salário.

HW COMUNICAÇÃO

Fonte: Click PB

Seja o primeiro a escrever um comentário.

Deixe uma resposta

Os campos obrigatórios estão marcados *

Você precisa estar logado para enviar um comentário

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE