Skip to main content
Menu

Na Paraíba, trágico acidente mata pastor evangélico, comerciante e deixa três pessoas feridas

  Por

Duas pessoas morreram vítimas de um acidente tipo colisão frontal entre dois carros, ocorrido na tarde desta terça-feira (10/01/2023) no km 103 da BR-104, em São Sebastião de Lagoa de Roça, no Agreste paraibano.

Segundo informações da polícia, um homem identificado como sendo o pastor evangélico Wilson Medeiros de Melo Júnior, da Igreja Assembleia de Deus da cidade de Esperança, o qual dirigia um dos automóveis, morreu no local do acidente. Ele ficou preso nas ferragens tendo que ser retirado pelo Corpo de Bombeiros.

O religioso seguia com a esposa e uma filha de 16 anos, as quais foram socorridas pelo SAMU para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. Conforme a assessoria da unidade hospitalar, a adolescente filha do pastor encontra-se internada na área vermelha do Trauma, mas segundo a equipe médica, ela está consciente e orientada. De acordo com as informações, até por volta das 7h da manhã desta quarta-feira (11/01/2023) ela ainda não sabia da morte de seu pai.

A esposa do pastor Wilson que tem 53 anos, teve uma lesão em um de seus braços e já recebeu alta.

AS OUTRAS VÍTIMAS

Os ocupantes do outro carro também foram socorridos para o mesmo hospital. Eles vendiam alimentos e estavam a trabalho no momento do acontecido. O motorista, identificado como Fabio Soares Batista, de 59 anos, que residia em Campina Grande, não resistiu e veio a óbito na unidade hospitalar às 19h30 da noite desta terça-feira (10/01/2023). O outro paciente, um jovem de 24 anos, permanece internado.

Conforme informado pela PRF, no carro do pastor também seguia uma cadela da família que não resistiu e morreu no local do acidente.

As causas do sinistro ainda estão sendo averiguadas pelas perícias da PRF e da Polícia Científica.

HW COMUNICAÇÃO

Fonte: Diário do Sertão

Seja o primeiro a escrever um comentário.

Deixe uma resposta

Os campos obrigatórios estão marcados *

Você precisa estar logado para enviar um comentário

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE