Skip to main content
Menu

Flávio Dino aciona Alexandre de Moraes contra Cabo Gilberto, Eduardo Bolsonaro e outros parlamentares

O ministro da Justiça, Flávio Dino (PSB), encaminhou ontem (21/03/2023) uma queixa-crime ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), contra o deputado federal da Paraíba Cabo Gilberto (PL), os filhos do ex-presidente Jair Bolsonaro, Flávio e Eduardo Bolsonaro, e outros parlamentares, após ter sido acusado de “envolvimento com o crime organizado”.

De acordo com o ministro, as acusações ocorreram em meio à uma visita ao Complexo da Maré, no Rio de Janeiro. O local é um conjunto de comunidades na Zona Norte da capital Fluminense em que há incidência do tráfico de drogas. A visita do ministro, segundo o governo federal, se deu para intensificar as ações de combate ao crime.

“Por todo o exposto e considerando precedente do Supremo Tribunal Federal acerca de parlamentares federais, solicita-se a inclusão no Inquérito Policial e a apuração da responsabilidade “, pede Dino na queixa-crime.

Dino relata que foi alvo das insinuações por ter participado do lançamento do Boletim “Direito à segurança pública na Maré”, publicação que a Redes da Maré faz anualmente desde 2016 e que apresenta a sistematização dos dados sobre os impactos da violência armada na região, composta por 16 localidades e com população de cerca de 140 mil pessoas.

Além de Cabo Gilberto (PL-PB), Flávio Bolsonaro (PL-SP) e Eduardo Bolsonaro (PL-RJ), constam como acusados na queixa-crime Carlos Jordy (PL=RJ), Marcos do Val (Podemos-ES), Otoni de Paula (MDB-RJ) e Paulo Bilynskyj (PL-SP).

HW COMUNICAÇÃO

Fonte: Click PB

Seja o primeiro a escrever um comentário.

Deixe uma resposta

Os campos obrigatórios estão marcados *

Você precisa estar logado para enviar um comentário

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE