Skip to main content
Menu

Corinthians é dominado pelo São Bernardo e perde por 2 a 0 pelo Paulistão

Irreconhecível, o Corinthians não conseguiu ampliar a sua sequência de vitórias e foi derrotado por 2 a 0 pelo São Bernardo na noite desta quinta-feira (09/02/2023), pela sétima rodada do Campeonato Paulista.

O Bernô marcou tanto no início do primeiro tempo, quanto no começo do segundo.

O meio-campista Vitinho, cobrando pênalti, e o centroavante João Carlos foram os responsáveis por balançar as redes. Com isso, o Tigre chegou ao seu terceiro triunfo consecutivo. Já o Timão perdeu a chance de vencer pela quarta vez seguida.

As duas equipes voltarão a campo neste domingo (12/02/2023). O Corinthians visita a Portuguesa, em jogo que será realizado no Distrito Federal, com mando da Lusa.

A partida acontecerá às 16h (horário de Brasília), no estádio Mané Garrincha. Já o Bernô vai encarar o Ituano, no estádio Novelli Júnior, em Itu, às 20h30 (horário de Brasília).

Diante da Lusa, o Coringão não terá o lateral-direito Fagner, que recebeu o terceiro cartão amarelo na derrota contra o Bernô e cumprirá suspensão. 

SÃO BERNARDO COMEÇA MELHOR E SAI NA FRENTE

O São Bernardo começou em cima do Corinthians e rapidamente converteu isso em gol. Com um minuto, Rodrigo Souza apareceu livre na entrada da área e obrigou o goleiro Cássio a fazer uma boa defesa.

Dois minutos depois, Balbuena vacilou na saída de bola, perdeu a posse e atingiu o ex-corintiano Léo Jabá, que foi atingido e caiu na área. O árbitro João Vitor Gobi não pensou duas vezes em assinalar a penalidade, que foi batida e convertida pelo meio-campista Vitinho, que bateu no canto esquerdo, oposto ao que Cássio caiu.

E não é porque o Bernô saiu na frente antes dos cinco minutos de jogo que o time se fechou. O Tigre seguiu em cima do Timão e chegou até a acertar uma bola na trave, com João Carlos, de cabeça.

PRIMEIRO TEMPO DO TIMÃO É INEXISTENTE

Depois da bola da trave do São Bernardo, o jogo caiu de ritmo. O Bernô parou de ir para cima, mas o Timão também não agrediu. A equipe alvinegra até passou a ter mais a bola, mas a criação foi praticamente inexistente.

Até os 40 minutos, o Corinthians finalizou somente uma vez e sem perigo. Nos minutos finais, teve mais um chute que não assustou o adversário e a única finalização em direção ao gol, em uma cabeceio de Giuliano, após cobrança de escanteio, que obrigou o goleiro Alex Alves fazer boa defesa. 

SÃO BERNARDO VOLTA BROCANDO 

E se o primeiro já estava se desenhando difícil para o Corinthians, ficou pior logo no primeiro lance de perigo do segundo tempo, quando o São Bernardo ampliou.

Na primeira situação do lateral Alex Reinaldo, que havia entrado no intervalo, ele recebeu de Chrystian Barletta e cruzou por baixo para João Carlos, que estava sozinho na pequena área, e escorou para o fundo do gol.

LÁZARO MUDA, CORINTHIANS CRESCE, MAS NÃO MOVIMENTA O PLACAR

Na tentativa de recolocar o Corinthians no jogo, o técnico Fernando Lázaro fez três mudanças de uma vez, colocando Fábio Santos, Fausto Vera e Paulinho, no lugar de Matheus Bidu, Du Queiroz e Romero.

O Timão até criou chances depois disso, a principal com uma finalização de Paulinho no travessão. Róger Guedes também teve uma boa chance, quando invadiu a área, pelo lado esquerdo, mas foi travado na hora da finalização.

SÃO BERNARDO 2 X 0 CORINTHIANS
CAMPEONATO PAULISTA – 7ª RODADA

Local: Primeiro de Maio, São Bernardo do Campo (SP)
Data e hora: 9 de fevereiro de 2023, às 21h30 (horário de Brasília)
Árbitro: João Vitor Gobi
Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Italo Magno de Paula Andrade
Árbitro de vídeo: Marcio Henrique de Gois
Público e renda: 
Cartões amarelos: Rafael Vaz, Alex Reinaldo, Vitinho e João Carlos (São Bernardo); Fagner, Roni e Balbuena (Corinthians)
Cartões vermelhos: – 

GOLS: 1-0 Vitinho (4’/1T); 2-0 João Carlos (3’/2T)

SÃO BERNARDO
Alex Alves; Helder, Romérico e Rafael Vaz; Jeferson (Alex Reinaldo, intervalo), Rodrigo Souza, Vitinho, Chrystian Barletta e Arthur Henrique; Léo Jabá (Matheus Régis, 22’/1T) e João Carlos (Jhonny Douglas, 32’/1T). Técnico: Márcio Zanardi. 

CORINTHIANS
Cássio; Fagner, Balbuena, Bruno Méndez e Matheus Bidu (Fábioi Santos, 14’/2T); Roni, Du Queiroz (Fausto Vera, 14’/2T), Giuliano (Júnior Moraes, 33’/2T) e Adson; Róger Guedes e Ángel Romero (Paulinho, 14’/2T). Técnico: Fernando Lázaro. 

HW COMUNICAÇÃO

Fonte: Lance!

Seja o primeiro a escrever um comentário.

Deixe uma resposta

Os campos obrigatórios estão marcados *

Você precisa estar logado para enviar um comentário

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE