Skip to main content
Menu

Comoção e homenagens marcam sepultamento do policial civil Jerre Adriano, em São José de Espinharas; Veja vídeo

Sob muita comoção e homenagens, o corpo do policial civil Jerre Adriano de Sousa Ribeiro, de 48 anos, foi sepultado na manhã deste domingo (10/09/2023), em São José de Espinharas.

O cortejo fúnebre saiu da Central de Velórios Master Digna, que fica localizada na Rua Horácio Nóbrega, nº 678, bairro Belo Horizonte, em Patos, e seguiu até o Cemitério Municipal de São José de Espinharas.

O trajeto foi acompanhado por guarnições da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e os companheiros de farda da Polícia Civil, a qual Jerre Adriano integrava desde o ano de 2016, exercendo a função de Agente Operacional.

Amigos e familiares estiveram reunidos em um momento de muita emoção para prestar as últimas homenagens.

Veja o vídeo abaixo:

Jerre Adriano foi morto a tiros na madrugada deste sábado (09/09/2023), durante uma vaquejada no município de Cajazeirinhas, no Sertão da Paraíba. O crime ocorreu no estacionamento da vaquejada, quando uma discussão teve início. Durante o desentendimento, o policial civil foi alvejado com disparos efetuados por um indivíduo que estava em um veículo Hyundai HB20 de cor branca.

Atualmente, ele estava lotado na Delegacia do município de Passagem, ligada à 15ª Delegacia Seccional de Patos, e também era tesoureiro do Sindicato dos Agentes Operacionais de Polícia Civil do Estado da Paraíba – SINDAOPCPB.

O delegado Afrânio Brito, da Delegacia de Homicídios e Entorpecentes de Patos, informou que já há várias linhas avançadas de investigação sobre a autoria do crime, no entanto, não deu detalhes acerca destas, para que não atrapalhe o trabalho em curso.

HW COMUNICAÇÃO

Fonte: Patos Online

Seja o primeiro a escrever um comentário.

Deixe uma resposta

Os campos obrigatórios estão marcados *

Você precisa estar logado para enviar um comentário

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE