Skip to main content
Menu

Água Santa bate o Bragantino nos pênaltis e pega o Palmeiras na final

O Água Santa está na final do Campeonato Paulista pela primeira vez na história. A equipe de Diadema venceu o Red Bull Bragantino nos pênaltis, por 4 a 2, após empate por 1 a 1 no tempo regulamentar, e será o adversário do Palmeiras na decisão.

Como foi o jogo

O Bragantino começou o duelo se impondo e conseguiu marcar logo no início. O gol saiu na grande chance que a equipe teve durante a partida.

O Água Santa, no entanto, não se intimidou com a desvantagem e pressionou o adversário. O goleiro Cleiton fez defesas importantes no primeiro tempo para manter o 1 a 0 no marcador.

O empate ocorreu após lambança protagonizada pelo goleiro do Bragantino no início da segunda etapa. Lucas Tocantins aproveitou o erro e mudou a dinâmica do confronto.

O time de Diadema estava melhor na reta final da partida até seu capitão ser expulso, aos 20 minutos. Rodrigo Sam levou vermelho por agressão a Artur e saiu reclamando, insistindo que não chegou a atingir o camisa 10 adversário com uma cabeçada.

Porém, o Bragantino só aproveitou a superioridade numérica em campo por pouco tempo. Matheus Fernandes matou um contra-ataque aos 29 e recebeu o segundo amarelo.

O duelo foi para os pênaltis após 90 minutos de um embate equilibrado, e o clube de Diadema levou a melhor nas cobranças novamente neste mata-mata.

O Água Santa chegou à final sete anos após conquistar o acesso à elite. O clube disputou a série A1 do Paulista pela primeira vez em 2016.

Gols e destaques

1×0. Aos 8 minutos, Hurtado disparou pela direita e cruzou para Alerrandro, que se antecipou e desviou de letra. Ygor chegou a defender com a perna, mas a bola bateu na trave e depois no goleiro antes de cruzar a linha.

Disparo de longe. Aos 13, Igor Henrique arriscou da intermediária e levou muito perigo. Cleiton se esticou no limite para evitar o empate.

Pressão do Água Santa. Aos 28, Rodrigo Sam roubou a bola e acionou Mezenga, que finalizou no meio do gol. Dez minutos depois, Bruno Xavier cruzou da esquerda e Mezenga cabeceou cruzado, mas Cleiton fez nova defesa.

Ficha técnica:

Água Santa 1 x 1 Red Bull Bragantino

Torneio: Semifinal do Campeonato Paulista

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)

Data e hora: 20 de março de 2023, às 21h (de Brasília)

Árbitro: Raphael Claus

Auxiliares: Danilo Ricardo Simon e Neuza Ines Back

VAR: Daiane Muniz

Público: 11.507 torcedores

Renda: 373.290,00

Gols: Alerrandro, aos 8 minutos da primeira etapa, e Lucas Tocantins, aos 5 do segundo tempo

Cartões amarelos: Igor Henrique (AGS), Matheus Fernandes (RBB), Thiaguinho (AGS), Lucas Cunha (RBB), Patrick Brey (AGS), Artur (RBB)

Cartões vermelhos: Rodrigo Sam (AGS) e Matheus Fernandes (RBB)

Água Santa: Ygor Vinhas; Reginaldo, Didi, Rodrigo Sam e Gabriel Inocêncio; Thiaguinho (Marcondes), Igor Henrique (Júnior Todinho), Luan Dias; Bruno Xavier (Cristiano), Lucas Tocantins (Ronald) e Bruno Mezenga. Técnico: Thiago Carpini

RB Bragantino: Cleiton; Hurtado, Lucas Cunha, Natan e Juninho Capixaba; Matheus Fernandes, Gustavinho (Jadsom) e Eric Ramires (Bruno Praxedes); Artur, Bruninho (Sorriso) e Alerrandro (Thiago Borbas). Técnico: Pedro Caixinha 

HW COMUNICAÇÃO

Fonte: UOL

Seja o primeiro a escrever um comentário.

Deixe uma resposta

Os campos obrigatórios estão marcados *

Você precisa estar logado para enviar um comentário

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE