Se os fãs da Fórmula 1 reclamaram da falta de emoção nas últimas corridas, neste domingo (01/07), eles foram plenamente recompensados por uma prova cheia de alternativas e surpresas na Áustria. A favorita Mercedes naufragou com problemas nos carros do pole position Valtteri Bottas e de Lewis Hamilton, e Max Verstappen aproveitou para vencer pela primeira vez na temporada 2018, fazendo a festa da enorme torcida holandesa que invadiu Spielberg com suas bandeiras laranjas.

Quem também sorriu foi Sebastian Vettel, que, com o terceiro lugar e o abandono de Hamilton, reassumiu a liderança do campeonato um ponto à frente do rival (146 a 145). Kimi Raikkonen fez boa corrida e terminou em segundo, inclusive atacando Verstappen no fim da prova e fazendo a melhor volta, com novo recorde do circuito de Spielberg 1m06s. Já a Ferrari também recuperou a ponta do Mundial de Construtores, com dez pontos de vantagem (257 a 247).

A festa dos torcedores em Spielberg foi completa, já que a RBR conquistou sua primeira vitória na pista que é de sua propriedade – a empresa que controla a equipe inclusive bancou a reforma no autódromo para voltar a abrigar o GP da Áustria, em 2014. Por outro lado, o aniversariante do dia Daniel Ricciardo abandonou a prova quando era o quarto colocado.

Outro destaque da corrida foi Romain Grosjean, que marcou pontos pela primeira vez no ano, e numa ótima quarta posição, logo à frente do companheiro Kevin Magnussen. A corrida também foi boa para a Force India, que obteve o sexto e sétimo lugares com Sergio Perez e Esteban Ocon, e para a Sauber, que também pontuou com os dois carros – Charles Leclerc e Marcus Ericsson terminaram em nono e décimo. Fernando Alonso fez grande corrida largando dos boxes e pontuou com a McLaren, em oitavo.

HW COMUNICAÇÃO

Fonte: Globo Esporte