O Time da Virada se fez presente na noite desta quinta-feira (29/03). Na base do coração, o torcedor do Vasco saiu em êxtase do Maracanã após Fabrício marcar o gol do 3 a 2 aos 50 minutos do segundo tempo. Ou seja, o placar que precisava para avançar à final do Carioca, a ser disputado em dois jogos contra o Botafogo. Giovanni Augusto abriu o placar, enquanto Pedro e Sornoza fizeram para o Fluminense, que tinha a vantagem do empate.
TOMA QUE É DE GRAÇA
Enquanto o agradável duelo das torcidas ocorria nas arquibancadas, dentro de campo, a partida devia em emoção nos minutos iniciais. Até a parada técnica, via-se um jogo de poucas ideias e com o Vasco, sem o vetado Evander, optar mais pelas ações do lado direito, com Yago Pikachu e Rafael Galhardo. No entanto, veio da esquerda o primeiro gol. Por lá, Pikachu protagonizou um lance memorável. Aplicou uma humilhante caneta em Richard e cruzou; na bola mal rebatida por Renato Chaves, Giovanni Augusto encheu o pé e guardou.

HORA DO ARTILHEIRO APARECER
O gol cruz-maltino saiu na casa dos 26 minutos. Neste momento, o Flu não inspirava confiança. Faltava uma jogada individual para furar a defesa de Zé Ricardo. E, pouco mais de dez minutos depois de sofrer, ela veio, de Gilberto, que fintou bonito e cruzou para Pedro. O camisa 32, cada vez mais xodó dos tricolores, deixou tudo igual em seu sétimo gol no Carioca – o que o tornou artilheiro isolado da competição.

GOL DE MARACA
Dúvida antes da partida, Sornoza marcou, logo na volta do intervalo, um gol à la Maracanã e de um típico camisa 10: de falta, da entrada da área. A bola ainda chorou na trave antes de descansar na rede.

O MOLEQUE É ATREVIDO!
A pedido da torcida, Paulinho foi acionado na vaga do nulo Wagner. O jovem provou que chama a responsabilidade, não importa o tamanho do jogo, ao arriscar de fora: golaço que deu nova cara ao embate.

FINAL TENSO
Quando o jogo parecia que encerraria empatado, Fabrício arriscou uma bola “espírita”, já aos 50 minutos e mudou a história do jogo. E do campeonato. E na memória dos torcedores.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 2X3 VASCO

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data-horário: 29/03/2018, às 21h
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Assistentes: Silbert Faria Sisquim e Jackson Lourenço Massara (RJ)
​Público/Renda: 18.999 pagantes / R$ 580.325,00
Cartões amarelos: Renato Chaves, Marcos Júnior e Ibañez (FLU); Rafael Galhardo, Paulão, Fabrício, Wellington, Riascos e Martín Silva (VAS)
Gols: Giovanni Augusto (26’/1ºT – 1×0), Pedro (38’/1ºT – 1×1), Sornoza (3’/2ºT – 2×1), Paulinho (24’/2ºT – 2×2) e Fabrício (49’/2ºT – 2×3)

FLUMINENSE: Júlio César; Gum, Renato Chaves e Ibañez; Gilberto, Jadson, Richard, Ayrton Lucas e Sornoza (Douglas, 39’/2ºT); Marcos Júnior (Marlon, 30’/2ºT) e Pedro (Pablo Dyego, 38’/2ºT). T: Abel Braga.

VASCO: Martín Silva; Rafael Galhardo (Andrés Ríos, 10’/2ºT), Paulão, Erazo (Thiago Galhardo, 36’/2ºT) e Fabrício; Desábato, Wellington e Wagner (Paulinho, 10’/2ºT); Yago Pikachu, Giovanni Augusto e Riascos. T: Zé Ricardo.

HW COMUNICAÇÃO

Fonte: Lance!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.