Nesta
quinta-feira (14/09), o Tribunal do Júri de Pombal se reunirá, no Fórum
Promotor Francisco Nelson da Nóbrega, para julgar Manoel Caboclo dos
Santos Neto “Beu” de 25 anos, acusado de participação em um homicídio,
crime ocorrido no de 2016, na cidade de Pombal no Sertão da Paraíba.

Beu
é acusado de ser o condutor da moto que tinha como garupa João Carlos
Sousa Inocêncio de 25 anos, suspeito de ter atirado contra o mototaxista
Marcílio de Sousa Luiz, morto com disparos de arma de fogo, crime
ocorrido no dia 24 de junho de 2016, no Bairro Janduy Carneiro, quando
conversava com uma pessoa que seria a provável vítima.

Segundo dados do processo, o crime aconteceu por volta das 18 horas, na ocasião, foram efetuados vários
disparos de arma de fogo contra a vítima que ainda foi socorrida para o
Hospital Regional de Pombal (HRP), onde não resistiu aos ferimentos
vindo a óbito (RELEMBRE).
O suspeito, foi preso no dia 05 de setembro de 2016 (REVEJA)
quando prestava depoimento a Polícia Civil, após ter sido vítima de uma
tentativa de homicídio, fato ocorrido dois dias antes de sua prisão (CONFIRA).
 
O suspeito de ter atirado e matado Marcílio de Sousa Luiz, estaria foragido e ainda não teria sido localizado.
O
julgamento está previsto para às 09 horas desta quinta, sendo presidido
pela juíza Candice Queiroga, a acusação é do Ministério Público,
representado pelo promotor Leidmar Bezerra, na defesa do réu, atuará o
advogado Arnaldo Marques.

Henio Wanderley – HW COMUNICAÇÃO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.