O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba julgou parcialmente procedente Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) e multou em R$ 30 mil o governador Ricardo Coutinho por conduta vedada nas eleições de 2014, quando foi reeleito. A decisão unânime ocorreu durante sessão na tarde desta segunda-feira (26/03).
O governador era acusado de abuso de poder econômico por suposto uso da máquina pública com exonerações e nomeações de servidores comissionados. Em seu voto o juiz Breno Wanderley sugeriu que o valor da multa fosse reduzido para R$ 15 mil, o que não foi acatado pela Corte. A ação foi considerada improcedente em relação à vice-governadora, Lígia Feliciano.
A ação foi protocolada pela coligação ‘A vontade do povo’, encabeçada por Cássio Cunha Lima.
HW COMUNICAÇÃO
Fonte: Mais PB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here