O técnico Renato Gaúcho confirmou que seguirá no Grêmio e não aceitou a oferta do Flamengo.

“Todo mundo sabe do meu sonho de treinar o Flamengo, mas, hoje, eu fico no Grêmio. Quem sabe em outra oportunidade”, disse, em pronunciamento após o título Estadual sobre o Brasil de Pelotas.

A coletiva tão esperada nem aconteceu. Depois de sair campeão, o técnico, no gramado da partida, anunciou a permanência, e confirmou que foi procurado pelo Flamengo com uma proposta, como informado ao longo da semana pelo EXTRA.

Nos últimos dias, Renato foi desaconselhado por pessoas próximas a aceitar o convite. Especialmente pelo caldeirão político em ano de eleição no clube.

O técnico, no entanto, deu seu preço. Após sondagem, a pedida chegou a R$ 1 milhão para ele um auxiliar. O Flamengo avaliou formalizar a proposta apenas depois da decisão do treinador de aceitar ou não negociar após o título do Grêmio.

Com a negativa, a tendência no momento é a efetivação do auxiliar Mauricio Barbieri, que comandou o Flamengo contra o Atlético-GO em amistoso neste sábado. Aos 36 anos, o profissional tem boa avaliação do elenco e da diretoria.

No entanto, apesar das boas referências sobre treinamentos, há temor sobre a sua inexperiência para lidar com questões de vestiários. Por isso, o clube analisa nomes para coordenação técnica, com perfil de experiência com o campo e liderança.

O Flamengo volta a entrar em campo no dai 14, sábado, pelo Brasileiro, contra o Vitória, fora de casa. No dia 18, a equipe enfrenta o Santa Fé pela terceira rodada da Libertadores, no Nilton Santos, sem torcida.


HW COMUNICAÇÃO

Fonte: Extra.Globo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here