O relator da comissão especial da reforma política,
deputado Marcelo Castro (PMDB-PI), alterou o relatório apresentado na última
terça-feira (12) e propôs o aumento do mandato de senadores de 8 para 10 anos. 
Na redação anterior, o parecer reduzia o mandato de
senadores para 5 anos.
Com
relação aos suplentes de senadores, Castro apresentou a mesma proposta aprovada
na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, que prevê apenas um suplente,
sendo proibido cônjuge ou parente até segundo grau do titular.

Em outra alteração, o relator aumentou o tempo de mandato dos prefeitos eleitos
em 2016. Ao invés do mandato-tampão de dois anos proposto no parecer inicial,
ele agora sugere mandato de seis anos.

Saiba
mais com o repórter Luiz Gustavo Xavier da Rádio Câmara de Brasília.


HW COMUNICAÇÃO, com Rádio Câmara de Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here