O presidente do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), André Carlo Torres Pontes, afirmou em entrevista nesta quinta-feira (22/02) que devem ser feitas diligências para apurar a concessão do auxílio doença para o prefeito do município de Pilões. A Câmara de Vereadores da cidade aprovou um projeto de lei concedendo o auxílio saúde no valor de R$ 120 mil para tratamento do prefeito.

De acordo com André Carlo, a auditoria do Tribunal já tomou conhecimento do caso “e com brevidade, creio que até o início do mês que vem, deverá estar fazendo uma diligência no município para apurar o fato e emitir um relatório no acompanhamento da gestão”.

Apesar de ter tomado conhecimento do fato, André Carlo afirmou que não irá emitir um juízo de valor sobre o caso porque a matéria ainda não foi julgada pelo tribunal. “Assim que emitir o relatório, vai ficar disponível para as pessoas lerem”, garantiu o presidente do TCE-PB.

Com a inspeção especial serão realizadas diligências para apurar o caso e logo depois será elaborado um relatório. “É um fato que certamente será apurado”, ressaltou André Carlo Torres.

A proposta, de autoria do próprio prefeito, chegou ao Poder Legislativo no dia 8 de fevereiro e foi aprovada no dia seguinte. Na justificativa do projeto, Iremar Flor alega que abdicou do salário de prefeito, gerando economia de R$ 196 mil aos cofres da prefeitura no ano de 2017. O prefeito teria recusado o salário de R$ 14 mil da prefeitura e escolhido receber o salário pago pela Cagepa, órgão em que ele é servidor efetivo.

HW COMUNICAÇÃO

Fonte: Click PB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.