O prefeito Vital Costa (PP), de Araruna, disse nesta segunda-feira (02/10) que vai cumprir uma recomendação do Ministério Público (MP) do Estado da Paraíba e exonerar alguns familiares da prefeitura da cidade. A determinação do MP, no entanto, expedida no dia 14 de setembro, deu um prazo de 10 dias para que a administração municipal exonerasse os funcionários, o que ainda não aconteceu.

Segundo o Ministério Público, foram constatados três familiares do prefeito que foram nomeados para cargos comissionados da prefeitura, o que configura a prática de nepotismo. Em contato com a reportagem Portal Correio, o prefeito Vital Costa disse que preferiu não recorrer e vai mesmo exonerar os funcionários.

“Eu recebi a recomendação e a gente preferiu não justificar. São pessoas que trabalham muito bem, mas depois da análise do Ministério Público eles mesmos pediram para sair. Então nos próximos dias, eles serão exonerados”, garantiu o gestor. 

HW COMUNICAÇÃO

Fonte: Portal Correio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.