O Conselho Regional de Medicina da Paraíba interditou eticamente, nesta quarta-feira (09/05), o PSF Jardim Sepol, no Bairro Ernani Sátiro, em virtude da falta de segurança do local. De acordo com o diretor de Fiscalização do CRM-PB, João Alberto Pessoa, a médica da unidade de saúde foi ameaçada de morte por uma usuária da unidade e como não foram tomadas medidas para garantir a segurança do local, foi decidida a interdição ética dos médicos que atuam no posto de saúde.
João Alberto disse que a médica já registrou um boletim de ocorrência e que o atendimento médico será restabelecido quando for garantida a segurança da profissional. “Na região há outros três postos de saúde. Se o mesmo fato for constatado nas demais unidades, também faremos a interdição”, disse o diretor.
As interdições éticas realizadas pelo CRM-PB impedem, exclusivamente, o médico de atender nas unidades de saúde. A medida tem o objetivo de preservar a dignidade do atendimento médico à população e a segurança do ato médico.
HW COMUNICAÇÃO

Fonte: Mais PB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.