O pombalense José Wilker dos Santos Sousa “Zé Wilker”, suspeito de ter assassinado no dia 16 de fevereiro de 2018, o professor Ciromar Almeida (RELEMBRE), foi transferido nesta quinta-feira (20/09), da cadeia pública da cidade de Malta para o presídio Romero Nóbrega na cidade de Patos.

A transferência de Zé Wilker, foi determinada pela justiça, após uma tentativa de fuga ocorrida na última segunda-feira (17/09), quando três detentos tentaram fugir da cadeia pública de Malta, tentado cavar um buraco na parede da cela onde estavam (REVEJA).

Além de Zé Wilker, tentaram fugir o também pombalense João Costa de Oliveira “Joãozinho” de 30 anos, suspeito de ter assaltado a residência de um policial civil na cidade de Pombal no dia 21 de maio de 2018 (RELEMBRE) e Breno Urbano de Medeiros e Silva, da cidade de Vista Serrana, que responde pelos crimes de roubo e assalto.

Zé Wilker, Joãozinho e Breno (suspeitos de tentar fugir da cadeia de Malta)

HW VOMUNICAÇÃO