A polícia da Suíça prendeu nesta quarta-feira dirigentes da Fifa acusados de corrupção em um hotel em Zurique, onde membros da organização estavam reunidos para uma eleição na sexta-feira que poderiam dar a Joseph Blatter um quinto mandato.

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos planeja anunciar acusações de corrupção contra dirigentes da Fifa. 

Até 14 pessoas devem ser acusadas nesta quarta-feira em uma corte federal em Nova York, informou a rede CNN.

Blatter não está entre os acusados, mas está sendo investigado. Funcionários próximos a Blatter devem estar entre os que serão indiciados. As acusações são o resultado de uma investigação de três anos do FBI.

Segundo o “The New York Times”, os promotores abrirão inquérito contra até 14 executivos, entre eles Jeffrey Webb (Ilhas Cayman), vice-presidente da comissão executiva; Eugenio Figueredo (Uruguai), que também é um comitê de vice-presidente executivo e até recentemente foi o presidente da associação de futebol da América do Sul, e Jack Warner (Trinidad e Tobago), ex-vice-presidente da Fifa e ex-presidente da Concacaf, foi acusado de inúmera violações éticas.

Outro já identificado é Eduardo Li, presidente da Federação da Costa Rica. Após ser apreendido, o dirigente foi conduzido por policiais junto com sua bagagem e deixou o hotel por uma porta lateral.

Ainda segundo o jornal, as acusações estão relacionadas a um grande esquema de corrupção dentro da Fifa nos últimos 20 anos, envolvendo fraude, extorsão e lavagem de dinheiro ligados a Copas do Mundo e acordos de marketing e transmissão de jogos pela televisão.

De acordo com informações do “The New York Times”, os suspeitos serão extraditados para os Estados Unidos.

HW COMUNICAÇÃO com o Globo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.