A Petrobras informou que vai reajustar os preços da gasolina e do diesel a partir da zero hora desta terça-feira (20/05). A partir desta segunda-feira, a companhia vai passar a divulgar o preço médio do litro da gasolina e do diesel em suas refinarias e terminais no Brasil em vez da percentagem do reajuste. Assim, o preço médio do diesel por litro vai passar de R$ 1,7112 para R$ 1,7369, alta de 1,5%. No caso da gasolina, o valor subiu de R$ 1,4877 para R$ 1,5148, avanço de 1,8%. Os valores não consideram tributos. “Essa mudança dá mais transparência à composição do preço final dos combustíveis”, disse a companhia em nota. Há duas semanas, Pedro Parente, presidente da estatal, já havia antecipado a mudança.

“As revisões de preços feitas pela Petrobras podem ou não se refletir no preço final ao consumidor. Como a legislação brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados, a mudança no preço final dependerá de repasses feitos por outros integrantes da cadeia de combustíveis”, destacou a estatal.

Segundo os dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP), o preço médio da gasolina, ao consumidor final e já com tributos e margem das refinarias, em outubro de 2016 – quando foi adotada a nova política de preços da Petrobras – era de R$ 3,69 por litro. Em fevereiro de 2018, o valor subiu R$ 4,23 o litro. Houve, portanto, uma variação de R$ 0,54 centavos. Neste total, os ajustes feitos pela Petrobras respondem por R$ 0,09, segundo dados da Petrobras. No caso do diesel, o preço médio em outubro de 2016 era de R$ 3,05 por litro. Em fevereiro de 2018, avançou para R$ 3,40 o litro. Houve, portanto, uma variação de R$0,35. Neste total, os ajustes feitos pela Petrobras respondem por R$ 0,12, ainda segundo a estatal.

HW COMUNICAÇÃO

Fonte: O Globo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.