Agentes da Delegacia de Homicídios e Entorpecentes (DHE/GTE) conseguiram prender na tarde desta quinta-feira (05/07) um jovem de 18 anos acusado de assassinar a tiros o comerciante Patrício Viera Carneiro, de 30 anos, durante uma tentativa de assalto neste domingo (01/07), na cidade de Sousa, Sertão da Paraíba.

Os policiais em diligências e de posse de informações e imagens das câmeras de segurança do estabelecimento, conseguiram identificar o acusado e efetuar a prisão no Conjunto Frei Damião em Sousa. A moto usada no dia do crime foi apreendida pelos policiais.

Em entrevista ao Diário do Sertão, o delegado da 19ª Área Integrada de Segurança Pública (AISP), Ilamilton Simplício, falou sobre a operação policial. Na delegacia, o autor do crime de latrocínio, chorou e disse que estava arrependido.

A polícia civil continua em diligências na tentativa de localizar o segundo envolvido no latrocínio.

Acusado de assassinar comerciante foi preso pela polícia civil (foto: DS)

O CRIME
Os bandidos não estão dando trégua e cada vez mais, ação criminosa se torna mais ousada em todo o país. Na cidade de Sousa, Sertão do estado, um assalto a um comercio acabou com uma pessoa morta, neste domingo (01/07).

Segundo informações da Polícia Militar, um homem armado chegou ao estabelecimento comercial que fica localizado no bairro Jardim Sorrilândia I, anunciou o assalto e rendeu clientes e o proprietário que estavam no local.

Indignado com a situação, o proprietário reagiu ao assalto, entrou em luta corporal com o bandido, mas acabou levando a pior. Patrício Viera Carneiro, de 30 anos, acabou sendo atingido com tiro, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

A Polícia Militar e agentes da Delegacia de Homicídios e Entorpecentes (DHE/GTE) estiveram no local, isolando a área do crime, e encaminharam o copo da vítima para o  Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (NUMOL) da cidade de Patos, para a realização de exame cadavérico.

O jovem proprietariado tinha 30 anos (Foto: Arquivo Pessoal)

Vítima reagiu
De acordo com o delegado Aulinson Tabosa, a vítima ainda entrou em luta corporal com o acusado antes de morrer:

“O acusado chegou e anunciou o assalto, o comerciante reagiu, entrou em luta corporal com o suspeito e logo em seguida foi atingido com um tiro e acabou morrendo”, disse o delegado.

Acusado fugiu
Ainda não se sabe quem foi o autor do crime. A PM realiza diligências na tentativa de prender o acusado, mas até o fechamento dessa matéria, ele não foi encontrado.

O comerciante Patrício Viera era bastante conhecido em Sousa, e já havia sido vítima da ação de bandidos por diversas vezes.

HW COMUNICAÇÃO

Fonte: Diário do Sertão