Uma força tarefa foi montada desde as primeiras horas da manhã deste Sábado (06), em busca da quadrilha que assassinou o Cabo da PM Ubirajara Moreira Dias, mais conhecido como “Bira”.

O policial foi morto na madrugada deste sábado (6), em Patos, durante um assalto em um posto de gasolina no município.

O cabo da PM teria trocado tiros com três assaltantes no momento do crime e acabou sendo gravemente ferido.

O policial chegou ao local para abastecer sua moto quando percebeu a ação dos criminosos.

Após cometerem o crime o trio fugiu levando o dinheiro que estava com os frentistas do posto.

De acordo com informações da polícia onze pessoas foram detidas na cidade de Teixeira.
Os bandidos resistiram à prisão e trocaram tiros com a PM, na troca de tiros dois morreram, sete foram presos e dois menores foram apreendidos.
Os acusados foram conduzidos para delegacia da cidade de Patos.
Os mortos foram identificado como Joilson (Lampiãozinho) e Eriosmar Ferreira de Lucena – conhecido por Barros, que exerceu mandato de vereador na cidade de São José do Bomfim no período de 1989 a 1992.
Três acusados estão foram transferidos para delegacia civil da cidade de Patos.
HW COMUNICAÇÃO com De Olho no Sertão e G1 PB
Joilson (Lampiãozinho)
Eriosmar Ferreira de Lucena (Barros)

 


VEJA VÍDEO:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here