Um empresário de 39 anos foi preso por força de um mandado de prisão sob a suspeita de ter planejado e ordenado matar o próprio funcionário.

O suspeito foi pego em casa na manhã desta quinta-feira (2), na cidade de São Bento.

Na residência dele os policiais civis encontraram várias armas e dezenas de munições, sem registros.

A operação foi batizada de ‘Rede de Aço’. Dois ajudantes dele também foram presos.

De acordo com a delegada Patrícia Forny, chefe da 18ª DSPC de Catolé do Rocha, a suspeita sobre o empresário começou em abril deste ano quando um dos funcionários dele foi morto a tiros.


“O jovem foi assassinado em um lixão da cidade com quatro tiros. A vítima trabalhava para o empresário e teria roubado dinheiro, cheques e um aparelho celular dele durante uma entrega de material. Foi prestada queixa do roubo e tomadas medidas cabíveis”, disse.

Ainda segundo a delegada, o empresário teria planejado matar o jovem devido à prática do delito.


“A investigação indicam que ele (empresário) tramou a vingança e coube aos seus dois funcionários, que são homens de confiança dele executar o crime. Após o roubo, o jovem fugiu para Pernambuco, mas quando voltou foi morto”, revela.

Investigações da Polícia Civil indicam que a arma utilizada no crime e os meios de fuga dos executores foram fornecidos pelo empresário.

Forny falou que o empresário seria um apreciador de armas de fogo. Foram encontradas na residência e na sede da empresa dele pistolas 380 e Ponto 40, um revólver calibre 38, uma escopeta calibre 12, carregadores de pistolas, 62 munições de 380, dez munições calibre 38, quinze munições .40, cinquenta munições calibre 12, além de um kit de manutenção e limpeza de armas.

Os presos serão levados para presídios na região. A ação teve a participação os delegados Carlos Seabra ,Homero Perazzo, Demétrius Patrício e Laura Priscila. Participaram também quinze agentes de investigação das Delegacias Seccionais de Catolé do Rocha, Sousa e Cajazeiras.

HW COMUNICAÇÃO com Portal Correio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here