Um advogado e um servidor do Fórum de Sousa foram presos na manhã desta quarta-feira (09/05) suspeitos de fraudes que ultrapassam R$ 1,5 milhão. Eles foram detidos durante a Operação AL-Barã, desencadeada no Sertão do Estado.

Ao Portal MaisPB, a Polícia Civil informou que os alvos são suspeitos de peculato, falsificação de documento público, falso reconhecimento de firma e associação criminosa. Dente os crimes, está a emissão falsa de alvarás judiciais. Segundo as investigações, os documentos eram assinados pelo servidor em nome do juiz.

Ao todo, foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão, inclusive em uma das Varas do Fórum, e dois de prisão. Mais de 40 policiais participam da operação, que ainda está em curso.

HW COMUNICAÇÃO

Fonte: Mais PB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.