O Nacional do Uruguai expulsou de seu quadro de associados nesta sexta-feira (02/02), dois torcedores que durante a vitória sobre a Chapecoense por 1 a 0, na última quarta, fizeram gestos zombando da tragédia aérea que matou quase todo elenco do clube catarinense, além de dirigentes, profissionais de imprensa e convidados em novembro de 2016, na Colômbia.

A diretoria do clube uruguaio informou em comunicado que os homens identificados como sócios de número 82.520 e 108.733 tiveram uma conduta “insensível” e “carente de todo sentido de dignidade humana”.

O clube uruguaio destacou também que já está à disposição das autoridades os dados dos rapazes para que estes sejam proibidos de entrarem em estádios.

O Nacional venceu a Chape por 1 a 0 na Arena Condá há dois dias e jogará por um empate na volta, na próxima quarta, para se classificar para a última fase preliminar da Taça Libertadores.

Durante a partida em Chapecó, alguns torcedores dos visitantes, entre eles esses dois sócios, fizeram gestos obscenos e também movimentos que remetiam à queda do avião da LaMia há pouco mais de um ano, na Colômbia.

Chapecoense entra com ação na Conmebol pedindo exclusão do Nacional-URU da Libertadores
Confira nota abaixo:

A Associação Chapecoense de Futebol, tendo em vista os episódios lamentáveis proporcionados por torcedores do Club Nacional de Football, encaminhará à CONMEBOL um pedido de intervenção de terceiro a ser apresentado junto a Unidade Disciplinar da Confederação. As ações aconteceram na quarta-feira, 31 de janeiro, pela segunda fase da Libertadores em Chapecó.

O pedido está baseado no artigo 33, item 2, do regulamento geral de competições da Conmebol e solicita, em preliminar, que o julgamento ocorra antes do dia 7 ou que se adie o jogo para que somente seja realizado após o julgamento.

A Associação Chapecoense de Futebol pede, no mérito, que o Club Nacional de Football seja excluído da Conmebol Libertadores, com base nos artigos 8 e 14, do mesmo regulamento.

HW COMUNICAÇÃO

com ESPN

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.