Indagada na coletiva de imprensa de ontem, em João Pessoa, se o PT tem um ‘Plano B’, na impossibilidade de Lula não poder ser candidato, a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, foi taxativa: “Não existe [plano B]”, disse destacando a importância de ter o apoio do governador Ricardo Coutinho (PSB) ao projeto de Lula.

“Registraremos o nome de Lula no dia 15 de agosto [na Justiça Eleitoral]. Lula é a única liderança política popular consolidada nesse país que tem condições de buscar o desenvolvimento econômico e social novamente e fazer a pacificação do Brasil. Eu não vejo outra liderança no país que tenha essas características. Então, mais do que uma vontade do PT de ter Lula como candidato a presidente, é um dever que nós temos com o povo brasileiro de defender sua candidatura e leva-lo à Presidência da República”.

No que diz respeito à aliança entre PT e PSB no Estado, a senadora explicitou os motivos que a trouxeram à Paraíba: “Queremos muito ter o governador Ricardo Coutinho, junto com o PSB, na campanha de Lula”.

HW COMUNICAÇÃO

Fonte: PB Agora