O zagueiro da Fiorentina Davide Astori foi encontrado morto em seu hotel, em Udine, onde se reuniu com sua equipe para enfrentar a Udinese neste domingo, pelo Campeonato Italiano. Ele tinha 31 anos e deixa mulher e filha de 2 anos.

Segundo informações do jornal Gazzetta dello Sport, Astori não apareceu para tomar o café da manhã com seus companheiros e, às 9h30, horário local, o massagista da Fiorentina subiu para procurá-lo.

O staff médico, ao analisar a situação, sequer tentou reviver o jogador. O que especula-se é que tenha sido por uma parada cardiorrespiratória.

“A ideia é de que o jogador morreu por causas naturais. É estranho que isso aconteça com um profissional monitorado e sem sinais prévios”, afirmou o chefe da polícia de Udine, Antonio de Nicolo.

Agora, seu corpo será transportado para o hospital Santa Maria della Misericordia, em Udine, onde serão feitos à tarde exames preliminares. A autópsia, para decretar a verdadeira causa da morte, será realizada nesta segunda.

Os atletas da “Viola” ficaram fechados no hotel até por volta das 14h, quando saíram e se dirigiram para o aeroporto Ronchi dei Legionari para voltarem a Florença. Giancarlo Antognoni, dirigente da Fiorentina, permaneceu em Udine.

O último jogador a ver Astori com vida foi o goleiro Sportiello, por volta das 23h30. Os diretores da equipe roxa ligaram para os parentes para darem a terrível notícia. Quando avisados do que aconteceu, os pais e a mulher do capitão viajaram para a cidade em que o zagueiro faleceu.

“A Fiorentina lamentavelmente é forçada a anunciar que o capitão Davide Astori faleceu por conta de uma doença repentina. Por toda a terrível e delicada situação, e acima de tudo por respeito à família, pedimos a sensibilidade de todos”, escreveu em sua rede social a “Viola”.

Astori, além da Fiorentina, jogou por Milan, onde foi revelado, Pizzighettone, Cremonese, Cagliari e Roma.

Ele tinha 14 aparições pela seleção italiana e participou da Copa das Confederações de 2013.

Todas as partidas que estavam programadas para hoje foram adiadas, sem data confirmada. O clássico de Milão, por ser um jogo de extrema procura, inclusive de turistas, era a única dúvida, mas também será postergado.

HW COMUNICAÇÃO

Fonte: ESPN

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here