O subprocurador-geral de Justiça, Alcides Orlando de Moura Jansen, determinou neste mês de novembro, a instauração de procedimento investigatório criminal contra o prefeito da cidade de Piancó, Sertão da Paraíba, Daniel Galdino de Araújo (PSD), que teria autorizado gastos com combustíveis a um posto de Campina Grande, antes mesmo de tomar posse, em janeiro de 2017.
De acordo com a denúncia dos vereadores Antonio Azêvedo e Pedro Aureliano (Pedro de Zé Luzia – PT do B), um mês antes de sua posse como prefeito de Piancó teria autorizado o pagamento da pagar a quantia de R$ 13.804,04 sem licitação.

Na denúncia, o subprocurador do Ministério Público da Paraíba relata que “Os noticiantes acostaram cópia de empenhos, notas fiscais e outros documentos que buscam provar o alegado”.

HW COMUNICAÇÃO

Fonte: DIÁRIO DO SERTÃO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.