A Câmara Municipal de Sousa aprovou uma lei de autoria do vereador Aldeone Abrantes (FOTO), proibindo o uso de aparelhos de celular e aplicativos como ‘Whatsapp’ por funcionários em hospitais, postos de saúde, instituições bancárias, bibliotecas, entre outros.

Aldeone Abrantes justificou a iniciativa ao alegar que em muitas situações o atendimento ao público é prejudicado por causa do uso excessivo do celular.

Ele lembrou que o cidadão é deixado em segundo plano, e não recebe um atendimento eficaz e ágil por conta dessas tecnologias.

“Muitas vezes as pessoas ficam esperando por atendimento, enquanto funcionários que deviam estar trabalhando, ficam no Whatsapp, deixando o público em segundo plano”, comentou.

De acordo com a norma, quem for flagrado usando o celular será multado em 200 UFIR´s (Unidade Fiscal de Referência), o que equivale a aproximadamente a R$ 540.

Além da multa, o infrator será ‘convidado’ a se retirar do ambiente com auxilio da segurança, guarda municipal ou até mesmo a Polícia Militar, em caso de desobediência.

A lei também determina que os estabelecimentos que não se adequarem à norma não terão os alvarás de funcionamento renovados pela prefeitura.

HW COMUNICAÇÃO Mais PB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here