A Polícia Federal deflagrou, na madrugada desta sexta-feira (19), a 14ª etapa da operação Lava Jato.  
Nesta fase, operação atinge as duas maiores empreiteiras do País – a Odebrecht, e a Andrade Gutierrez. Seis pessoas presas foram presas nesta manhã. 
Entre elas estão os executivos Márcio Faria e Rogério Araújo, da Odebrecht, além de Marcelo Odebrecht – presidente da empresa – e Otávio Marques Azevedo, presidente da Andrade Gutierrez.

Serão cumpridos 59 mandados judiciais em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Esta fase da operação tem como alvo as empreiteiras Odebrecht e Andrade Gutierrez, segundo a PF. 

Do total de mandados, oito são de prisão preventiva, quatro de prisão temporária, 38 de busca e apreensão e nove de condução coercitiva, quando a pessoa é obrigada a prestar depoimento. 
A Lava Jato foi deflagrada em março de 2014 e investiga um esquema bilionário de lavagem de dinheiro.

Nesta etapa, a operação foi batizada de Erga Omnes, expressão usado no Judiciário que quer dizer (para todos). 

A Odebrecht foi acusada de pagar propinas de US$ 23 milhões a Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobras, que cumpre prisão domiciliar.

De acordo com nota da PF, cerca de 220 policiais federais trabalham na operação. Os presos serão levados para a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde permanecerão à disposição da Justiça Federal.

HW COMUNICAÇÃO com Jornal do Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here