Em anos anteriores, nesta época do ano a cidade de Pombal, recebia filhos da terra que residem em outras cidades e até fora do estado além de turistas que vinham prestigiar os eventos comemorativos da cidade.

Fato que aquecia a economia local, pois em anos anteriores, quem não tinha um familiar na cidade para se hospedar tinha dificuldade para conseguir um local para ficar na cidade, que tinha suas pousadas lotadas nesta época do ano.

Além disso, as festividades aqueciam o comércio local, gerando empregos diretos e indiretos.

A festa que em anos anteriores contava com a presença de artistas e bandas do cenário nacional como Cláudia Leite, Chiclete com Banana, Fagner, Calcinha Preta, Garota Safada, Magníficos dentre outros, atualmente se resume a nomes da terra, fato que vem causando insatisfação do publico jovem que esperava atrações ‘maiores’.

O município atualmente encontra-se em situação de emergência devido à estiagem que assola toda a região, o que justificaria a falta de investimentos ou a contratação de nomes nacionalmente conhecidos para abrilhantar as festividades.

Durante os sete anos da prefeita Polyana Dutra (PT) a frente da administração municipal, as festividades com grandes bandas foram reduzidas, exceto no primeiro ano de sua gestão [2009] quando foi feito um grande evento para comemorar as festividades da cidade.

Nos anos seguintes a festa foi reduzida, o Pombal Fest [carnaval fora de época da cidade] que era realizado junto com as festividades da cidade deixou de ser realizado e as grandes atrações contratadas pela prefeitura foram reduzidas ano após ano.

Há dias que jovens utilizaram a rede social [face book] para externarem a insatisfação com a programação das festividades alusivas aos 153 anos de Pombal, onde postaram fotos da festa em anos anteriores.

Em um dos pôsteres uma internauta colocou a seguinte frase: “Traz de volta nosso pombal fest”.
A postagem com uma conotação política acabou gerando diversos comentários, inclusive um ‘atrito’ veja abaixo.

Henio Wanderley – HW COMUNICAÇÃO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here