Os senadores Cássio Cunha Lima (PSDB) e José Maranhão (MDB) estariam costurando um acordo entre seus grupos para emplacar uma chapa majoritária de oposição com Maranhão na cabeça e Pedro Cunha Lima, filho de Cássio, como vice. A informação está na Coluna do Estadão desta quinta-feira (04/01).

Seria a consolidação a reproximação de ambos desde o episódio do Campestre Clube, em 1998, quando Ronaldo Cunha Lima, pai de Cássio, rompeu com Maranhão numa briga memorável, rachando o PMDB na época, fazendo com que o grupo Cunha Lima migrasse para o ninho tucano desde então.

O primeiro ensaio da reaproximação entre Cássio e Maranhão se deu na coalisão de forças que reelegeu Luciano Cartaxo (PSD) à prefeitura de João Pessoa, em 2016, quando ambos apoiaram o prefeito pessoense.

Confira o registro da Coluna do Estadão:

Novos amigos. Senadores paraibanos e antigos adversários, José Maranhão (PMDB) e Cássio Cunha Lima (PSDB) negociam uma aliança para o governo. Com 84 anos, Maranhão quer, como vice, o deputado Pedro Cunha Lima, de 29 anos, filho de Cássio.

Poderosos. Maranhão já governou a Paraíba três vezes. Cássio, que deve concorrer novamente ao Senado, dirigiu o Estado outras duas, mas foi cassado no 2.º mandato.

HW COMUNICAÇÃO

Fonte: Paraíba Rádio Blog

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.