O desabafo de uma funcionária do Hospital Municipal de Boqueirão, no Cariri Paraibano, movimentou as redes sociais da cidade neste final de semana.
Após fazer uma postagem criticando o atraso nos salários do pessoal da Saúde, a funcionária, que vamos preservar o nome para evitar perseguição, foi ‘aconselhada’ por uma colega a não reclamar de forma pública para não ser alvo de intimidações. 
“Cuidado, que o que dizemos, escrevemos nas ocorrências e postamos ao público, apesar de verdadeiro, nos resulta em ameaças”, advertiu a colega.
Em uma das postagens, uma auxiliar do prefeito, que exerce a função de secretária, rebate a crítica e chega dizer que é impossível efetuar o pagamento aos servidores da Saúde antes do dia 10 de cada mês, por conta do repasse das verbas.
A funcionária questiona a declaração da auxiliar da gestão municipal e diz que apesar da divulgação de pagamento pela prefeitura, o dinheiro não está na conta como anunciado. 
“Você vê uma postagem dizendo que a prefeitura de Boqueirão está pagando aos funcionários  e quando vai ao banco, não encontra nada. Só queria entender porque”, desabafou.
De acordo com informações de servidores, o pagamento ao funcionalismo vem sendo feito com atraso. 
“O pessoal efetivo da Saúde só recebe depois do dia 10, o que é um absurdo. O repasse das verbas se destina ao pagamento dos prestadores de serviço e não aos funcionários do quadro, que estão sendo prejudicados”, disse um servidor, que preferiu não se identificar.
HW COMUNICAÇÃO
FONTE: Mais PB 

unnamed (6)
unnamed (1)
unnamed (4)


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here