O Flamengo continua mais líder do que nunca do Brasileirão. Neste domingo (03/06), o time enfrentou uma pedreira, o Corinthians, e conseguiu uma vitória por 1 a 0. A partida, válida pela nona rodada, foi no Maracanã, com 44 mil torcedores.

A vitória não só deixa o rubro-negro sossegado na ponta tabela, quatro pontos à frente do segundo colocado, como também lhe dá ainda mais moral no campeonato. Os cariocas não sabem o que é perder há quatro rodadas. O último revés foi no dia 12 de maio, para a Chapecoense fora de casa.

Já o Corinthians ainda busca regularidade na competição. Após vencer o América-MG, o time sofreu nova derrota. A missão é não deixar os que estão à frente abrir grande vantagem.

Pressão rubro-negra
O primeiro tempo foi dominado, principalmente no início, pelo Flamengo. Até os 10 minutos, a equipe tinha 83% da posse de bola.

O Fla até conseguiu assustar o goleiro Walter duas vezes, em jogadas tramadas por Everton Ribeiro, porém, sem sucesso. Aos poucos, o predomínio foi se esvaindo.

O Corinthians já estava melhor perto dos 30 minutos, quando Jadson sofreu uma contusão. Ele sentiu a coxa direita e precisou ser substituído imediatamente por Roger, centroavante.

Embora com característica bem diferente, pois Roger é maior e mais pesado do que Jadson, o centroavante fez o Timão melhorar. Posicionado como referência, fez a zaga flamenguista preocupar-se um pouco mais.

Entre os 40 minutos e o apito final da primeira etapa, o alvinegro criou duas boas oportunidades de marcar. Sinal de que o jogo era mais parelho.

Felipe Vizeu decide
O segundo tempo começou como o primeiro tinha terminado: equilibrado. O Flamengo assustou. Teve falta perigosa aos 17, mas na cobrança Diego mandou por cima.

O Corinthians levou perigo com Marquinhos, logo aos 7, mas também ficou no quase. O jogo ficou amarrado nos minutos iniciais.

Diante da situação, o técnico Maurício Barbieri resolveu mandar a campo Felipe Vizeu no lugar de Henrique Dourado, aos 22 minutos. A troca rendeu frutos e, 12 minutos depois, foi de Vizeu o gol da vitória flamenguista.

A jogada começou com Diego, que passou para Lucas Paquetá, que chutou. O goleiro Walter deu rebote e Vizeu meteu nas redes.

O Timão tentou reagir. Osmar Loss chegou a colocar o atacante Kazim no lugar do volante Gabriel. A partida foi até os 50 minutos, mas não foram o suficiente para o alvinegro empatar.

HW COMUNICAÇÃO

Fonte: O Município