As auditoras e os auditores fiscais preveem greve geral da categoria fiscal. Um indicativo de greve será votado em assembleia geral, convocada para o próximo dia 28.

Essa foi a decisão tomada pelos filiados ao Sindifisco-PB, reunidos em assembleia geral, na última quinta-feira (01/02). “Na ocasião, a classe fiscal mostrou toda sua indignação com as perdas salariais que já atingem mais de 53%”, informou o Fisco, alegando que foram esgotadas todas as tentativas de diálogo com o governo do Estado.

Segundo a categoria, a assembleia serviu de termômetro para avaliar o grau de descontentamento generalizado da categoria fiscal em relação à política de persistente arrocho salarial promovido pelo governador Ricardo Coutinho, desde de 2011. “Mais uma vez, não cumpriu a data-base, lei de iniciativa do próprio Executivo. Estamos no terceiro ano de reajuste zero”, disse o Fisco.

Segundo o presidente do Sindifisco-PB, Manoel Isidro, a categoria fiscal se mostrou coesa e forte, elementos suficientes para uma adesão completa em todo o estado da Paraíba.

Apesar de indicar que poderá entra em greve, na última assembleia foi cancelado o movimento de paralisação do Fisco, previsto para a próxima semana (dias 6 e 7).

HW COMUNICAÇÃO

Fonte: Portal Correio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.