Os familiares e amigos do pombalense Willker Handson Rodrigues de 40 anos (foto), morto em João Pessoa, no último dia 02 de abril (RELEMBRE), cobram uma resposta das autoridades em relação ao bárbaro crime.
Willker era funcionário da Assembleia Legislativa, onde desempenhava a função de motorista do deputado estadual Caio Roberto.
O pombalense foi morto a tiros no bairro Mangabeira e os suspeitos ainda não foram presos.
Willker não tinha inimigos e era considerado uma pessoa carismática e extrovertida, fazendo amigos por onde passava. 
Seus familiares e amigos cobram uma resposta das autoridades.
Willker era casado e era pai de uma menina.
HW COMUNICAÇÃO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.