Uma grande expectativa foi criada nesta quinta-feira (11/01), na cidade de Lagoa, no Sertão da Paraíba, após o prefeito Antônio Alípio (PSB), anunciar que iria renunciar ao mandato de prefeito daquele município.
Conforme foi repassado a reportagem do HW COMUNICAÇÃO o anunciou foi feito pelo próprio gestor a sua equipe de auxiliares e após preparar a ‘carta de renuncia’, Toinho teria se deslocado até a cidade de Pombal para comunicar sua decisão, no entanto, a Câmara de Lagoa, ainda não foi oficialmente comunicada da possível renuncia de Toinho, para dar início aos procedimentos de posse do vice-prefeito Gilbertinho (PMDB), no cargo de prefeito.
A população que já estava apreensiva com a renuncia de Toinho Alípio, agora convive com a incerteza em relação a quem governará a cidade, Toinho Alípio ou Gilbertinho.
Para alguns, Toinho se arrependeu de renunciar e continuará administrando o município mesmo diante das divergências políticas, para outros, a carta de renuncia do prefeito deverá ser entregue na Câmara de vereadores da cidade de Lagoa nesta sexta-feira (12/01).
Nossa reportagem tentou contato com o prefeito Toinho Alípio, para saber os reais motivos de sua possível renuncia, bem como, com o vice-prefeito Gilbertinho, que deverá assumir a prefeitura de Lagoa, com a renuncia de Toinho, mas, as ligações não foram atendidas.
Caso, Toinho renuncie ao mandato de prefeito, Gilbertinho assume a prefeitura com a missão de unificar a base governista.
Segundo pessoas ligadas ao grupo, Toinho e Gilbertinho que foram eleitos em 2016 com 1.646 votos,  estavam ‘afastados’ politicamente e a relação entre prefeito e vice-prefeito estava bastante estremecida.
Toinho não vem fazendo uma boa administração e já não conta com o apoio da Câmara Municipal, mesmo contando com cinco dos nove vereadores do Legislativo Municipal.

HW COMUNICAÇÃO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.