O delegado Alisson Nunes, responsável pela investigação do homicídio da policial militar Aline Ribeiro Araújo, de 31 anos, morta na terça-feira (11/09), na cidade de Tuparetama no Sertão de Pernambuco (REVEJA), falou nesta quarta-feira (12/09), com exclusividade a reportagem do HW COMUNICAÇÃO, sobre o desfecho do crime que chocou a cidade de Pombal.

O delegado confirmou que celulares e uma arma que provavelmente teria sido utilizada no crime foram encontradas na residência do suspeito.

O suspeito do crime, Francielio Lima Vital “Branco”, que é ex-marido da vítima, alegou durante entrevista que matou sua ex-mulher ao descobrir que ela estaria tendo relações com outras pessoas, ao mesmo tempo que se envolvia com ele.

Confira no áudio abaixo entrevista com o repórter João Alencar da Rádio Maringá FM que falou com o suspeito e com a equipe de polícia do Pernambuco e de Pombal, responsável pela prisão do suspeito.

Francielio, foi transferido no início da noite desta quarta-feira (12/09), para a cidade de Tuparetama, onde aconteceu o crime e onde prestará novo depoimento, antes de ser encaminhado a cadeia pública daquele município, onde ficará a disposição da justiça do Pernambuco.

HW COMUNICAÇÃO