Durante a sessão desta segunda-feira (01), vereadores de situação e oposição disseram que não votariam a favor de doação de terreno para igreja evangélica no loteamento Riacho do Bode em Pombal.
O projeto enviado pelo Poder Executivo, estava na pauta de votação desta segunda-feira (01), porém antes mesmo do projeto ser apreciado, vereadores de situação e oposição, disseram que não votariam favorável a aprovação da matéria.
O projeto de autoria do Executivo Municipal vem causando embates e gerando polêmica na cidade.
O referido projeto tem como objetivo doar um terreno, que fica em frente à delegacia, no loteamento Riacho do Bode, para a Igreja Batista.
De acordo com os vereadores, a doação do referido terreno já gerou diversos embates, o vereador Marcos Bandeira (PMDB), disse que a oposição, seria contrária a aprovação da doação do terreno, pois segundo o vereador, naquele local deveria ser construída uma praça.
Ainda conforme o vereador, a oposição será favorável ao projeto se o terreno doado for em outro local.
O pastor José Elielber da Igreja Batista, esteve na sessão, onde disse que não era necessário tanta polêmica por um motivo tão simples.
Ele disse ainda que a Igreja Batista de Pombal, nunca pediu terreno algum e que aceita a doação do terreno independente do local, pois o objetivo maior é servir a comunidade com salas que serão utilizadas para cursos de inglês com mensalidades abaixo do valor de mercado, curso de culinária, artesanatos e práticas esportivas, dentre outros.
Antes mesmo de ser colocado em votação, o projeto foi retirado de pauta para que seja devolvido ao Executivo Municipal, para que faça um novo projeto destinando outro terreno para a igreja.
Os vereadores, disseram que se o terreno for em outra área da cidade, eles votam pela aprovação da doação do mesmo.
Escute o que disse o pastor Elielber da Igreja Batista.

Henio Wanderley – HW COMUNICAÇÃO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here