Passados mais de dois meses da última solicitação para que a ENERGISA faça a ligação da energia elétrica de um imóvel na cidade de São Bentinho o comerciante se sentindo prejudicado denunciou o descaso da concessionária de energia.

Em contato com a reportagem do HW COMUNICAÇÃO na tarde desta quarta-feira (05), o comerciante Abel Pires, relatou a nossa reportagem os prejuízos a que vem tendo por conta de não ter energia elétrica em seu estabelecimento comercial.

“Nós temos que fechar as portas mais cedo, porque não temos energia, deixamos de colocar outros produtos para comercializar por conta disso, já fiz diversas solicitações, mas até o momento continuo sem energia no meu comércio”, disse Abel.

O comerciante relatou ainda que pediu no dia 05 de março de 2013, para que a concessionária de energia mudasse a rede elétrica que passa por cima do terreno, onde foi construído o imóvel.

“A ENERGISA veio, tiraram fotos, mas até o momento nada foi feito, o primeiro protocolo que eu fiz foi no dia 05 de março de 2013”, relatou o comerciante.

Abel disse ainda, que há mais de dois meses foi feito o último pedido para que a ENERGISA ligasse a energia do prédio. 

“Quando eles chegaram aqui disseram que não ligariam minha energia por conta da rede elétrica que passa por cima do meu prédio”, disse o comerciante indignado com o descaso.

Abel disse que acionou a empresa na justiça, através de um advogado da cidade de Pombal, esperando que o problema seja resolvido o mais breve possível.

“Espero que a justiça possa resolver tentei de várias maneiras solucionar o problema, mas a resposta que me deram era de em cinco dias úteis seria resolvido e passados quase três meses nada foi feito e eu continuo sem energia e sendo prejudicado por isso”, desabafou o comerciante.

O estabelecimento comercial fica entre as ruas Francisco de Sousa Nobre e Crispiniano Felinto dos Santos no bairro Levi Olímpio.

Henio Wanderley – HW COMUNICAÇÃO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.