Nesta quinta-feira (28), professores da rede pública municipal de Cajazeirinhas, deflagraram greve por tempo indeterminado.

Conforme os professores, a greve aconteceu devido ao não cumprimento do pagamento do piso nacional do magistério, há cinco meses, os educadores esperavam que o piso fosse pago o que não aconteceu, fazendo com que a classe cruzasse os braços em protesto ao não cumprimento da lei.

A Lei Complementar Municipal nº 002/2010, segundo o parágrafo único do art. 87 , estabelece como data-base da categoria a mesma data estabelecida pelo Governo Federal para reajuste do piso nacional do magistério, que foi em janeiro deste ano.

Os educadores municipais, reivindicam ainda a implementação da Gratificação de Desempenho do Magistério – GDM, contida nos artigos 53 e 54 da mesma Lei, instituída desde 2010 e não implantada até o presente momento.

Em uma matéria publicada no site da prefeitura de Cajazeirinhas no dia 05 de abril deste ano, a assessoria do prefeito Cristóvão Amaro Filho, dizia que o município pagaria o piso salarial dos professores.

Ainda conforme a matéria, o município sempre pagou o piso salarial aos educadores e que a meta da gestão era sempre dar melhores condições de trabalho aos professores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here