A tão esperada fusão entre o Democratas e o PTB não deverá ocorrer mais. 
A informação foi revelada, nesta sexta-feira (5), pelo presidente estadual do Democratas na Paraíba, o ex-senador Efraim Morais.

Ele explicou as direções das duas legendas não conseguiram chegar a um consenso em relação ao apoio ao Governo Federal.

“Não teve sucesso, não conseguimos esse entendimento e, agora, cada um seguirá o seu caminho”, disse, em entrevista à Rádio Arapuan FM.

Efraim complementou: “A posição do PTB era de continuar ao lado do Governo Federal, ao contrário do Democratas que faz oposição ao atual governo.

Então, essa foi uma das razões principais e não havendo esse entendimento a fusão ficou impossibilitada”.

Ainda de acordo com Efraim, o Democratas continuará na oposição a presidente Dilma Rousseff (PT) e irá se preparar para as eleições municipais nos Estados. “Esse é o principal caminho que seguiremos daqui para frente”, disse.

Na próxima semana, deverá ocorrer uma reunião da Executiva Nacional do Democratas para definir um calendário eleitoral para as eleições do próximo ano, que definirá as convenções municipais em todo país e nos mais de 200 diretórios da Paraíba.

“O momento é de construir o partido. As discussões em relação às disputas só ocorrerão no próximo ano, pois, cada eleição é uma história. Vamos ter atenção especial para João Pessoa, Campina Grande, Patos, Cajazeiras, enfim nas grandes cidades, mas cada município terá a sua realidade”, concluiu.

HW COMUNICAÇÃO com WSCOM

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.