O deputado federal André Amaral  (MDB) agrediu, na tarde desta quarta-feira (03/01), um vereador membro da Comissão que analisa um pedido de cassação do prefeito interino de Bayeux, Luiz Antônio.
O parlamentar estava sendo interrogado sobre o caso de um vídeo onde o prefeito articulava para atacar o peemedebista nas redes sociais. Ao Portal Mais PB, o vereador Adriano Martins explicou que Amaral não gostou de uma pergunta feita pelo também vereador Betinho e partiu para agressão física, atingido ele com socos.
O parlamentar foi contido por seu pai, André Amaral, presidente do Pros, que acompanhava o depoimento do filho. Agredido, o vereador Betinho foi a 5ª Delegacia Distrital onde prestou um Boletim de Ocorrência.
Antes de assumir mandato de deputado federal, André Amaral já havia se envolvido em outra confusão. Na época, a disputa pelo comando da ‘Juventude’ do PMDB provocou uma troca de insultos e bate boca entre o parlamentar e o então presidente, Dihêgo Amaranto.
Ao Mais PB, André Amaral disse que defende sua honra.
O deputado federal André Amaral (MDB) comentou, na noite desta quarta-feira (03/01), o episódio onde ele agrediu o vereador Betinho quando o peemedebista era ouvido em um processo contra o prefeito interino Luiz Antônio.

De acordo com André Amaral, disse que reagiu as tentativas de agressão e de desconstrução de sua imagem por  Betinho.

“Disse que eu era um deputado de meia tijela e que tinha capangas. Não tenho capangas e não sou de briga mas defendo a minha honra”, afirmou o deputado.

HW COMUNICAÇÃO

Fonte: Mais PB
Vídeo: Portal Correio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here