A julgar pelo primeiro dia de Emerson Sheik no Flamengo, a torcida não deve demorar a ver o atacante em campo com a camisa rubro-negra.

Apresentado oficialmente pela manhã, na Gávea, o novo camisa 11 treinou à tarde no Ninho do Urubu entre os titulares, e já foi confirmado pelo técnico Cristóvão Borges no jogo de sábado, contra o Atlético-MG, no Maracanã, pela oitava rodada do Brasileiro.

– Um jogador com o currículo que ele tem já responde muita coisa. É um jogador experiente, vencedor, vai ajudar muito a equipe. Ele treinou hoje (quinta-feira), vai treinar amanhã e depois, e se responder bem, vai para o jogo, sim – afirmou o treinador rubro-negro.

Depois de duas vitórias seguidas (ambas por 1 a 0, contra Chapecoense e Coritiba), Cristóvão vê o ambiente mais tranquilo no clube, ideal para a chegada dos reforços – semana passada, o clube também apresentou o meia Alan Patrick e o lateral-direito Ayrton.

Para o treinador, outro triunfo, contra um dos times favoritos ao título brasileiro, seria importante para o Flamengo começar a buscar outro patamar no Brasileiro. Atualmente, o time é o primeiro fora da zona de rebaixamento, em 16º lugar, com os mesmos sete pontos do Santos, 17º.

– Queremos continuar ganhando, e lógico que uma vitória sobre o Atlético-MG, uma das melhores equipes do campeonato, confirma esse crescimento. A equipe tem treinado bem, e as duas vitórias nos deram mais confiança.

Outro contratado, o atacante Paolo Guerrero, será apresentado após a participação da seleção do Peru na Copa América – nesta quarta, ele recebeu, na concentração da seleção peruana, no Chile, uma camisa do Flamengo entregue pelo departamento de comunicação do clube carioca. Com a chegada de reforços, Cristóvão sabe que a cobrança vai aumentar, mas está otimista.

– É inegável que isso encorpa o elenco, são jogadores de um currículo respeitável, mas agora vamos ter que achar resultado dentro de campo para que isso se confirme. Mas a esperança é muito grande, porque são jogadores que dificilmente não vão responder de forma positiva em campo.

Emerson no lugar de Jonas no primeiro treino

O primeiro treino de Emerson com o time foi fechado à imprensa, que só teve sua entrada liberada no Ninho uma hora após o início da atividade.

Ainda assim, foi possível observar, no treino de cruzamentos para a área, o time titular formado com César, o substituto de Paulo Victor, que fraturou a fíbula direita, Luiz Antônio, Wallace, Samir e Pará; Márcio Araújo, Canteros e Éverton; Gabriel, Eduardo da Silva e Emerson.

Além da mudança no gol, Cristóvão aproveitou a ausência de Jonas, que cumprirá suspensão, para lançar o novo reforço no time. Após a atividade, no entanto, ele preferiu não confirmar a escalação.

– Com a saída do Jonas, independentemente da troca que eu vou fazer, o importante é buscar uma equipe bem equilibrada e que continue evoluindo – disse o técnico rubro-negro, que deu um voto de confiança ao goleiro César, de 23 anos, que volta à equipe depois de disputar duas partidas no Carioca.

– Foi uma pena a contusão do Paulo Victor, mas o César já participou de outros jogos da equipe. Já o tinha visto jogando, e no período em que estou aqui, vendo ele trabalhar no dia a dia, eu fico tranquilo, sem nenhuma desconfiança. Já conversamos e com toda a certeza ele vai fazer uma boa partida.

HW COMUNICAÇÃO com O Globo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.