Na manhã desta sexta-feira (19) a Assembleia Legislativa da Paraíba, realizou uma sessão da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da telefonia móvel, o evento foi realizado na Câmara Municipal de Pombal.

O encontro marcado para as 09 horas, só teve início por volta das 10h25 e inicialmente contando apenas com a presença de dois deputados estaduais, Janduy Carneiro e Camila Toscano, o presidente da CPI o deputado João Gonçalves chegou por volta das 11 horas.

Além dos deputados estiveram presentes os vereadores Josevaldo Feitosa (PT), Edno Dantas e José William (PSDB), Rogério Martins (PSB), Ailton Melo, Paulo Tecidos e Gilberto Ismael (PMDB).

Os demais vereadores não compareceram, assim como, os demais deputados que fazem parte da CPI e o publico que compareceu em número reduzido a casa de leis.

Em contato com nossa reportagem um vereador, relatou o quanto à população está descrente com a classe política.

Embora a CPI busque uma solução para os problemas enfrentados pela população, relacionados aos serviços precários prestados pelas operadoras de telefonia móvel, apenas nove ou dez pessoas compareceram a Câmara Municipal.

O vereador Josevaldo Feitosa, durante seu pronunciamento, lamentou a falta de interesse da população e dos advogados da cidade que não compareceu a sessão.

O Ministério Público também não enviou representante, assim como as operadoras de telefonia móvel.

A operadora TIM foi citada por todos que usaram a tribuna como a que tem os serviços mais precários no município.

A SESSÃO:

Em Pombal, a iniciativa partiu do deputado estadual Jandhuy Carneiro.

Fizeram uso da tribuna o ex-vereador Zildo de Souza, os vereadores Josevaldo Feitosa e Paulo Tecidos, o radialista Naldo Silva, o funcionário da Câmara Municipal Francélio Bandeira, contador Itálo Marques e o deputado Jandhuy Carneiro.

Janduy e o deputado João Gonçalves condenaram a participação da Anatel em fiscalizar as empresas de telefonia. “Eles dizem que tudo melhorou, mas o que vemos são consumidores insatisfeitos em todas as regiões do Estado. Isso tem que acabar e essa CPI vai trabalhar para que os abusos e falhas sejam coibidos o quanto antes”, disse o deputado João Gonçalves.

Para o deputado Jandhuy Carneiro a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), tem sido omissa no seu dever de fiscalizar os serviços e aplicar as punições devidas.

Durante as audiências, são colhidos depoimentos de usuários, prejudicados aos serviços precários prestados pelas operadoras de telefonia móvel, esse depoimentos serão anexados ao relatório final da comissão.

A sessão de Pombal foi comandada pelos deputados Camila Toscano, vice-presidente da CPI, Janduy Carneiro, membro e pelo presidente João Gonçalves que devido a outros compromissos chegou atrasado, mas, a tempo de encerrar os trabalhos.

Henio Wanderley – HW COMUNICAÇÃO

Veja fotos em evento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.