A Conmebol multou o Vasco em cerca de R$ 48,5 mil por causa da cor do uniforme usado pelo goleiro Martín Silva diante do Universidad de Concepción, pela Pré-Libertadores de 2018. O goleiro uruguaio deveria ter usado uma camisa de cor azul, mas utilizou uma verde.
A entidade sul-americana aplicou punição mínima ao Cruz-Maltino por violar o artigo 61 do regulamento. A pena foi a mesma aplicada ao Independiente-ARG no episódio de racismo na final da Sul-Americana de 2017, contra o Flamengo.
A troca do uniforme ocorreu devido a mudança no fornecedor de material esportivo do clube. A cor azul foi combinada quando a Umbro era a distribuidora. A nova empresa, Diadora, porém, não tem azul para goleiros.
O Vasco eliminou o Universidad de Concepción da Libertadores após bater o adversário nos dois jogos: 4 a 0 no Chile, e 2 a 0 no São Januário.
HW COMUNICAÇÃO

Fonte: Globo Esporte

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here