Uma ‘confusão’ na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Pombal, no Sertão da Paraíba envolvendo uma vereadora do município, uma médica e a diretora da unidade terminou na Delegacia de Polícia Civil da cidade.
O fato aconteceu na tarde da última quinta-feira (04/01) e envolveu a vereadora Edni Evaristo, a médica Isabela Ferreira e a diretora da UPA, Andreza Melo.
De acordo com o boletim informativo da Polícia Militar, a vereadora foi acusada de desacato.
O desentendimento se deu após uma funcionária de uma empresa ter dado entrada na UPA, por volta das 12 horas, segundo boletim policial, a vereadora teria chegado ao local às 15:30min, bastante alterada, desacatando médicos e enfermeiras gritando chamando todos de incompetentes.
VERSÃO DE EDNI EVARISTO:
Ainda segundo boletim policial, Edni teria chegado a dizer que a médica estava com sintomas de embriagues. 
Em depoimento a Polícia Civil, Edni disse que foi procurada em sua casa por uma pessoa conhecida como Sales, informando que a funcionária teria recebido alta médica.
Ao chegar na UPA, Edni, encontrou a médica Drª Isabela que teria questionado Sales, perguntando se o mesmo havia conseguido um transporte para paciente, pois a mesma havia recebido alta médica.

A vereadora entrou no leito onde estava a paciente e ao verificar seu estado de saúde solicitou que A médica encaminhasse a transferência da paciente para o Hospital Regional de Pombal (HRP), onde segundo Edni em depoimento, a médica teria informado que havia feito tudo que estava ao seu alcance.

Ainda conforme Edni em depoimento a polícia, a coordenadora da unidade de saúde teria dito que não seria possível realizar a transferência, pois o motorista estava de férias, a vereadora teria dito que a coordenadora deveria providenciar outro, pois era de responsabilidade da UPA.
Conforme a parlamentar, ela e a coordenadora passaram a ‘discutir’ e a coordenadora Andreza Melo teria lhe xingado de ‘barraqueira’, ainda segundo Edni, a médica teria dito que teria ligado várias vezes para o HRP e que era costume do hospital não receber pacientes da UPA.
De acordo com Edni, ela teria ligado para a assistente social do HRP, que enviou uma ambulância para realizar a transferência da paciente da UPA para o hospital.
VERSÃO DE ANDREZA MELO:
A coordenadora da UPA, Andreza Melo, disse a polícia que estava no repouso quando escutou a vereadora xingando a médica questionando porque a paciente não havia sido transferida para o HRP.
Andreza disse que respondeu a vereadora dizendo que o motorista estava de férias e que caso fosse necessário uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) seria acionada para realizar o procedimento de transferência da paciente para o HRP e que naquele momento o quadro da paciente em questão não era grave.
A coordenadora disse ainda a polícia, que a vereadora estava com trajes impróprios, que teria invadido a sala da médica, que teria xingado chamando a coordenadora de incompetente na presença de servidores da UPA e que iria representar criminalmente contra a vereadora por desacato.
VERSÃO DE DRª ISABELA:
Em depoimento a polícia, a médica Drª Isabela, disse que havia solicitado exames de eletrocardiograma da paciente e que teria sido descartada a possibilidade de infarto.
A médica disse ainda que teria tentado contato com o HRP, mas que as ligações não tinham sido atendidas.
Drª Isabela disse também que a vereadora Edni, teria lhe xingado, chamando-a de incompetente e dizendo que a médica estava embriagada, pois não havia encaminhado a paciente em estado grave para o HRP.
A médica disse ainda que comunicou a vereadora que a paciente havia sido atendida e medicada e que naquele momento seu estado de saúde não era grave.
Drª Isabela informou ainda, que Edni conseguiu contato com o HRP, conseguindo a transferência da paciente.
Assim como a coordenadora Andreza Melo, a médica Isabela Costa, disse que irá representar criminalmente contra a vereadora por desacato.
O HW COMUNICAÇÃO deixa o espaço reservado as partes, caso queiram se pronunciar em relação ao ocorrido.
Henio Wanderley – HW COMUNICAÇÃO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here